PALMEIRAS EM SANTO AMARO E EM SÃO PAULO

Brasil: Terra das Palmeiras

1. Palmeira-Jerivá.

A Palmeira-Jerivá, Jeriba ou Juruba era muito frequente em Santo Amaro, na época do início da colonização, no séc. XVI.
Jurubatuba significa “campo de jurubás”; é o coletivo de Jurubá ou Jerivá.
Jerivá/Jurubá é a palmeira típica desta região.
O rio de Santo Amaro é o Rio Jurubatuba.
No entanto, hoje, a região de Santo Amaro, como toda a cidade de São Paulo, tem palmeiras, por toda a parte e de muitas espécies.
Destacam-se a Palmeira-Real, a Palmeira-Imperial, que são as mais majestosas e esbeltas, mas existem muitas outras espécies.
SAM_0217_Fotor

SAM_0218_Fotor

 

2. Palmeira-Imperial.

Introduzida no Brasil, por D. João VI, (início do séc. XIX), proveniente das Antilhas.
Essas palmeiras estão ainda hoje no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro.
palmeira imperial1_Fotor

palmeira imperial2 1_Fotor

 

3. Palmeira-Real.

Semelhante a imperial, mas o tronco é mais fino. Como a imperial tem palmito.
SAM_0227_Fotor

SAM_0228_Fotor

 

4. Areca.

Originária da Índica.
É cultivada como planta ornamental.
É muito comum em jardins.
palmeiras_areca1

5. Outras Palmeiras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s